z

***************************************** Get Your Own Hi5 Scroller Here

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Ciclone deixa rastro de destruição na Austrália



Com ventos de até 300 km/h, o ciclone Yasi deixou um rastro de destruição na quarta-feira no Estado de Queensland, no nordeste da Austrália. Pior ciclone a atingir a região em um século, o Yasi alcançou categoria cinco na escala de força Saffir-Simpson (que vai de um a cinco), mesmo nível do furacão Katrina, que devastou Nova Orleans (Estados Unidos) em 2005.

Na cidade de Cairns, uma das mais afetadas, o ciclone destelhou casas, destruiu algumas construções, derrubou árvores de grande porte e cortou as linhas de transmissão de energia. Cerca de 30 mil pessoas foram retiradas de locais na rota do Yasi e levadas a abrigos. Alguns foram montados em shopping centers, outros em ginásios esportivo

A primeira-ministra (equivalente a governadora) de Queensland, Anna Bligh disse estar "aliviada" pelo fato de nenhuma morte ter sido registrada. No entanto, ela acrescentou que a situação era grave em diversas cidades, como Tully, onde "90% dos prédios foram gravemente afetados".

Outras localidades costeiras como Mission Beach, Cardwell e Innisfail também sofreram com a passagem do Yasi.

"A casa que ficava do outro lado da rua está praticamente no nosso quintal e há outras casas totalmente destruídas no bairro", afirmou Stephanie Grimaz ao jornal Queensland Times. Nesta quinta-feira, o ciclone deve se dirigir para o sudoeste do país, atingindo cidades como Georgetown e Charters Towers.

O ciclone Yasi está sendo considerado o pior e mais poderoso que já atingiu a Austrália. Em 1974, o ciclone Tracy, o mais forte até então, atingiu a cidade de Darwin, no norte do país. Naquele Natal, 71 pessoas morreram, e o ciclone com ventos de quase 300 km por hora destruiu milhares de casas e lojas.

FONTE:IG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário